Outras Ciganisses

Há vários mitos e preconceitos relativamente à cultura cigana.

Nomadismo

Muitos acham que os ciganos são nómadas por escolha e preferirem uma vida ao ar livre. O nomadismo foi forçado pelas perseguições constantes e expulsões de todos os países onde chegavam. Em Portugal até ao 25 de Abril, não era possível fixarem-se numa região.

Ciganos estão sempre doentes

Quando vamos a um hospital vemos muitas vezes uma ou mais família de ciganos à espera. Isto porque a união familiar e da comunidade é tão grande que, quando um membro tem um problema, todos estão unidos à volta dele. Seja uma simples ida a um hospital ou até um problema financeiro.

 

Um casamento cigano dura 4 dias

Este é talvez o mito mais verdadeiro. O casamento é uma festa muito importante para a comunidade porque simboliza a união e é por isso uma cerimónia grandiosa.

 

Os ciganos são todos feirantes

Errado. Em alguns países os Ciganos eram mestres artesãos com capacidades únicas para trabalhar o ferro. Em Portugal dedicaram-se ao comércio e feiras por nunca poderem assentar arraiais. Assim corriam o país vendendo de feira em feira sem serem perseguidos. Ser feirante é uma profissão dura que poucos estavam dispostos a fazer.

 

Os ciganos são todos ladrões

Se um cigano roubou e todos os ciganos são ladrões, então também é verdade que se um banqueiro roubou todos os banqueiros deveriam ir presos. Condenar uma etnia por atos individuais já saiu de moda nos anos 70.

 

Os ciganos não sabem ler mas sabem contar

Em parte é verdade. A enorme taxa de analfabetismo entre a etnia cigana deve-se ao facto de as crianças não poderem ir à escola por não terem um local fixo onde morar. Por isso começam desde cedo a aprender o negócio de família. Esta situação, felizmente, está a mudar pois cada vez mais as crianças ciganas tem ido à escola com bons resultados.

Fotolia_58826524_Subscription_Monthly_M
casamento cigano
festa cigana