Lenda de Amor Cigano

Na Espanha, terra e cor  e de magia, foi onde aconteceu esta triste história de amor! Lá naquelas mágicas terras havia um príncipe que descontente, saiu do castelo vestindo roupas de plebeu., pois ele queria conhecer a vida do lado de fora dos muros do castelo,  estar com o povo, conhecer a vida que viviam. Logo, encontrou um grupo de ciganos, que dançavam, cantavam, batiam palmas, comia e bebiam com grande alegria e despreocupação. Ficou fascinado! E sem poder se conter, juntou-se a eles.
Uma cigana, de nome Zaira, que dançava com grande beleza, logo que viu o príncipe ficou por ele interessada e aproximando-se perguntou se ele queria dançar. Ante a afirmativa do príncipe, Zaira pegou duas canecas de vino e ofereceu uma ao príncipe demonstrando todo o seu interesse, sempre dançando e rodopiando com muita graça e elegância.
O príncipe, estava encantado, pos no seu castelo tudo era muito formal e bebendo o vinho, sem conseguir desviar os olos da linda cigana percebeu que, aquele vinho barato lhe parecia infinitamente melhor do que o melhor vinho de sua adega!
Zaira dançava em frente ao príncipe que, maravilhado, lhe perguntou:
_ Qual o seu nome, linda cigana?
_ Zaira; e tu, gadjô?
_  Meu nome é Sol, um pobre coitado.
_ Se tu es um pobre coitado, podes ser um cigano.
Por um tempo o príncipe ficou com os ciganos. A alegria, a música, as festas, tudo, tudo lhe fascinava e, assim, neste clima de magia e alegria amou Zaíra e a engravidou.
Porém, a vida cigana para os que não são ciganos torna-se cansativa e enfadonha. O príncipe já sentia falta do luxo, da pomba e riqueza de seu  castelo. E quando os ciganos tiveram que levantar acampamento ele sabia que não seguiria os ciganos; mesmo porque, como príncipe tinha compromisso com seu povo e foi embora, numa noite de luar, sem olhar para trás.
Zaira ao perceber que seu amado a abandonara olhou para o céu e disse: ” isto é para todos aprenderem que ciganas não pode amar gadjôs!” e pediu que sua história fosse contada a todas as gerações de ciganos até o final dos tempos.
Zaira dali a alguns meses teve uma menina que recebeu o nome de Zaina, porém, não se sabe se por tristeza ou problemas no parto desencarnou logo  em seguida. A pequena Zaina foi criada sob a proteção de um cigano do grupo.
Por isto, até hoje, as ciganas evitam o amor dos gadjôs!

Comments are closed.